| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Papo Kult
Desde: 07/01/2010      Publicadas: 158      Atualização: 21/01/2012

Capa |  01 - KULT  |  02 - SONORAMA  |  03 - VERSO & PROSA  |  04 - QUEM SOMOS?


 03 - VERSO & PROSA

  04/12/2010
  1 comentário(s)


Encontro marcado- uma sitcom amorosa

Uma hilariante estória sobre as neuras de um amor incomum.

Encontro marcado- uma sitcom amorosaEncontro marcado

Num suspiro profundo, dentro do carro, minha mente expandiu-se:
Ela tem outro! Só pode ser isto. Qual outro motivo haveria para ela deixar-me plantado e roxo feito uma batata doce em frente à casa dela ? Isso está cheirando a macho, desses amantes latinos que exalam sexo por todos os poros. Aposto que, neste momento, o safado deve estar roçando o bigode na nuca dela, sussurrando, todo sensual, para que a cachorra não venha ao meu encontro... Canalha! Se a gripe não me tivesse pegado, iria até lá correndo, só para mostrar para o cafajeste o que é bom para a tosse! Ah! , se ia...
- Oi, amor! - minha princesa chegou.
Vestida para pirar qualquer namorado normal, ela entra no carro. Os cabelos molhados umedecem o decote da blusa.
- Demorei muito?- ela pergunta angelical.
- Não, querida... acabei de chegar.- decreto-me diante da beleza.
Mas existem certos momentos na vida que um indivíduo não pode deixar passar displicente. E, entre ser um homem ou um rato, sou um bípede de poucos pêlos. Nasci descendente de alemães e, para não negar a raça, vou direto ao ponto, firme e frio.
- Por que você está toda molhada?
- Saí do banho agorinha mesmo.
Respostas prontas! Do jeito que a mamãe havia me dito: "Cuidado com as adolescentes, meu filho! Elas inventam mentiras por tudo... Depois, não vai dizer que eu não avisei!" Agora, diga-me você, como alguém não pode acreditar numa criaturinha tão linda que está a poucos palmos do seu nariz, exibindo coxas tão roliças, tão macias, tão saudáveis...
- Você fica maravilhosamente limpa depois do banho!- meu queixo caído deixa escapar.
Ela sorri, com um olhar meigo.
Que situação, meu Deus! Primeiro encontro e eu já entregando os pontos. Se eu demonstrar mais um sentimento, ela me põe sela e cabresto! Tenho que me controlar; mostrar quem é o dono da situação aqui. Mas com este corpinho - Nossa Senhora!- ela poderia mandar em mim pelo resto da vida!
- E , então ?- ela me traz de volta ao mundo dos mortais. " Aonde vamos?
Pro paraíso! Pra minha casa!Pra minha cama... Qualquer lugar com você é ótimo, delicinha!
- Você escolhe. " mostro meu cavalheirismo enferrujado.
Mais um sorriso dos femininos lábios carnudos.
Isto é provocação demais para um germânico de 40 e tantos anos, Odin! Se eu conseguir me controlar, aposto que Bento XVI irá canonizar-me com o título de Erectus Nem Tantus.
- Vamos passear no Ibirapuera. - decidiu-se a pecadora.- Eu gosto do perfume das flores, de respirar o ar puro...
Pronto! Bastou falar de brisa que um aroma estranho invadiu o carro. Começou tolerável, acessível apenas aos narizes sensíveis, mas, a medida que os segundos fluíam e os olhos enchiam-se de água, a catinga mudou o clima. Não tive dúvidas; lancei o ultimato:
- Você bufou no meu carro?
- Quem? Eu? - quis esquivar-se a falsária.
- Não se faça de vítima! Vai me dizer que você não está sentindo o resultado gasoso de sua obra-prima? O fedor aqui revelado é para matar qualquer gambá de inveja!
- Seu grosso!- defendeu-se a ré, já com uma mão no nariz, - Essa carniça deve ter vindo das saladas de repolho que você anda comendo, seu alemão.
Não gosto de guerras, porém, com uma bomba de efeito moral estourando dentro do meu carro... Tive que defendê-lo.
- Assuma a sua arte que eu e meu carro teremos misericórdia.
- Assuma você, seu descarado!- explodiu a terrorista. -Onde já se viu um homem da sua idade negando os seus atos?! Se você não assume um simples pum, o que dirá das coisas piores que você faz por aí!
Se existe algo que eu goste mais do que mulheres é manter a minha honra limpa. É norma de família, passada de geração para geração; se eu não sigo a mesma trilha, mamãe não me deixa voltar para casa.
- Quer dizer que o kamikase da história sou eu, belezinha? - metralhei- Fique sabendo a senhorita que eu nunca me escondi numa barricada diante dum foguetório. Sempre fui valente e justo com os meus inimigos. E quer saber de uma coisa? Saia já do meu carro, seu canhão carregado!
- Saio mesmo, soldadinho de merda!- gritou a belicosa, rangendo os dentes e batendo a porta do carro, em retirada. " Nunca mais eu quero ver a sua cara!
Quase usei o meu palavrão secreto para exterminar a bandida. Pena que ela estava longe e o meu nariz continuava detectando o estopim da guerra. Desconfiei de algo camuflado no porta-luvas.
- Pizza de atum e anchovas!- alegrei-me com o troféu na mão. " Mamãe tem cada surpresa boa! Só lamento que as cebolas, depois de duas semanas guardadas, não permaneçam crocantes!
  Web site: www.clubedeautores.com.br/book/30453--Quase_sem_querer  Autor:   Rogério Germani


  Mais notícias da seção Literatura no caderno 03 - VERSO & PROSA
21/01/2012 - Literatura - Olhos juízes
O terror ronda Ibiporã... ao menos neste conto de arrepiar os cabelos...rsrs...
13/03/2011 - Literatura - A palavra
Em meio a pluraridade de idiomas e linguagens, ele ousou ser ele mesmo: buscou sua própria palavra....
15/02/2011 - Literatura - Novos ventos literários- a vez do Paraná
A literatura paranaense derrubando fronteiras....
05/02/2011 - Literatura - Um pescador em apuros- conto
Um "caso" legítimo de pescador!...
15/01/2011 - Literatura - A arca
Em época de chuva, o melhor é entrar numa arca......
02/01/2011 - Literatura - O rancho- 1° conto macabro de 2011
Numa cidadezinha qualquer, o terror habita as almas... qualquer alma......
25/12/2010 - Literatura - Natal- o conto
Jingle Bells! Jingle Bells! É época de natal!Ho! Ho! Ho! ...
18/11/2010 - Literatura - O mundo através dos olhos de uma criança
Toda a inocência que o mundo precisa...toda magia que nos falta......
04/11/2010 - Literatura - Poesias Selecionadas do livro Outros Amores
Só para deleite dos leitores. Algumas poesias do livro de sonetos Outros Amores...
21/10/2010 - Literatura - Maria & Madalena
A grande diferença entre o sucesso e o fracasso são os pequenos detalhes......
30/11/2010 - Literatura - O + novo livro de Rogério Germani
Uma coletânea de sonetos amorosos tão especial quanto o 1°olhar dos apaixonados...
09/10/2010 - Literatura - Coisas do amor- crônica
O lado cômico do amor!!!...
26/09/2010 - Literatura - Lenda rural numa prosa com café.
Uma homenagem aos cafeicultores do norte paranaense: um conto com sabor e aroma....
18/09/2010 - Literatura - Londrix 2010
Londrix 2010 - Em Setembro a poesia está no ar......
14/09/2010 - Literatura - Visita de Rotina
Relembrando a época do saudoso informativo Espaço Cultural, Rogério Germani traz de volta o espelho hilariante do sistema de saúde no Brasil...
14/10/2010 - Literatura - Lançamento do Livro - POR DETRÁS DOS OLHOS
Adquira o mais novo livro do escritor Rogério Germani ...
30/08/2010 - Literatura - Despedida
Venho por meio desta, porque, para estas coisas de amor, não encontro outros meios. Fico meio sem jeito. Mas é preciso falar......
23/08/2010 - Literatura - Chá de Comadres
Os reclames já estão no ar; as bandeiras flamulam nomes e números; a algazarra invandiu o país e, PUTZ!, não se trata de Copa do Mundo. É triste, amigos, mas chegou o tempo: Eleições 2010. Antes de votarem, leiam esta crônica eleitoral e riam agora e depois... nas urnas...
16/08/2010 - Literatura - Primeiro Emprego
O primeiro emprego - quem não sabe disso? - é algo fácil de se arranjar; coisa certa como um corrupto devolver dinheiro roubado......
30/07/2010 - Literatura - O Cavaleiro Vermont
Confira este conto macabro de Rogério Germani...
13/07/2010 - Literatura - África sem fronteiras
Já que a copa do mundo 2010 ainda martela nossas cabeças, vamos comentar sobre uma seleção africana que "bate um bolão" fora dos gramados: a seleção de escritores e poetas do continente africano...



Capa |  01 - KULT  |  02 - SONORAMA  |  03 - VERSO & PROSA  |  04 - QUEM SOMOS?